Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dia da Mulher, epá deixem-se de tangas.

por Incrivelmente Insólito, em 13.03.18

28908434_944169449084179_713818290_n.jpg

 

Epá desculpem lá, mas eu tinha de escrever sobre isto. Agora que já passou! Dia da Mulher! Que grande tanga a que nos têm habituado ano após ano, para mais uma vez beneficiar o sexo fraco que nem pilinha tem! Quer dizer, algumas! Uma autentica lavagem cerebral. Isto de comemorar o dia da mulher é unicamente para elas terem mais benefícios que os que já têm, em relação aos homens. Só aqui, está claramente visível que é tudo uma armação do consumismo e de todas essas instituições que as defendem para quando menos esperarmos, dominarem o mundo e acabarem com o ser masculino, o macho, o todo poderoso da Terra, criado por Deus, para mandar nesta bosta toda. É rosas para aqui, é prendinhas para acolá, é posts no facebook a falar de direitos, quando na verdade elas daqui a pouco dominam o mundo, e o homem tem de andar ali que nem um cordeirinho, ou então, mesmo outras mulheres, rebaixadas aos pés de outras, mas isso já lá vamos, que é um caso a ser falado com muita atenção e que ninguém se lembra.

 

Elas agora querem fazer tudo. É pilotar aviões, é irem para a policia, é serem empresárias, é estarem no governo a cag@r postas de pescada, um fim do mundo de direitos, que eu não concordo mesmo nada. Tanta loiça para lavar, tanta comida para fazer, tanto azulejo para limpar no wc e estas gajas a quererem lutar por mais direitos! Mas quais direitos? Direito de bater num homem como se tivesse um pau entre as pernas? Direito de levantar a voz como se fossem elas que mandam lá em casa? Já se esqueceram dos direitos que o mundo já lhes dá?

 

Se não querem mokar, existem as amantes que o fazem por elas, que ainda por cima, também são mulheres, tomem atenção a isto! Elas são tão calculistas que já criaram este segundo grupo de fêmeas que satisfazem os homens em substituição das da espécie delas, mais entrunfadas e de mal com a vida. O Homem fica a xuxar no dedo e liga à amante que está sempre pronta para manusear o cacete nos dias mais inférteis lá de casa.

 

Se não há amante existe a sub espécie, quenga, que à falta da mulher e da amante, ataca o homem e faz dele um objecto sexual, colocando muitas das vezes a sua vida (a do homem) em perigo, devido à velocidade furiosa com que trabalha no ornamento, pois tem de dar à periquita para justificar o dinheiro que recebe! Mais uma vez são mulheres. Ajudam-se umas às outras. Isto é um rol de mulheres todas feitas umas com as outras. Um put@ria de primeira apanha.

 

Queixam-se que são mães e que ganham pança, que a barriga estica e que ficam cheias de peles, “há e tal desde que tive o meu filho nunca mais fui a mesma”, vão para o ginásio com a desculpa de que a barriga não desce e tumbas, lá atacam elas o personal trainer, que, coitadinho, mais uma vez, homem, é uma vitima de um ataque fêmea, que depois de levar na fataxa, pelo marido que lhe deu um rebento que berra todas as noites sem o deixar dormir, e estar irritada com a gordura, se vinga no desgraçado moço do ginásio que está ali para ganhar a vida, miseravelmente. Os maridos esses, a trabalharem até às tantas a pensar que elas estão em casa a fazer o jantar e elas, nos agachamentos em cima da vitima. Quando o marido chega ainda tem a lata de dizer que estão cansadas e lá vem de novo a parte versão amante ou kenga, porque um homem tem de sobreviver.

 

Grave grave grave, e que existe e ninguém se lembra, são as mulheres que tratam mal outras mulheres! Há pois é! Já se esqueceram que agora existe casais aí todos modernos de mulher com mulher? Como é óbvio, elas já tem aquele instinto de mandar e querem ter o poder, e então numa luta de sobrevivência, definem no inicio da relação qual delas vai ser a que manda, a macha, a que vai dominar e se a outra não entra no processo do lambe xaxa, leva nos cornos. Dessas ninguém se lembra não é? Também não é preciso lembrar muito, porque a que leva na fuça também é mulher, mas era só para vos recordar destas que também existem e que são um grupo mais discriminado dentro delas próprias. São umas víboras. A mulher é isto.

 

Elas são um gang. Isto está tudo treinado. Eva no paraíso já dava nos cornos ao Adão!

 

Portanto, isto de mensagens no Facebook a desejar um bom dia da mulher, só lhes dá a importância que elas não deveriam ter, porque na verdade a mulher nunca deveria estar na frente de um homem, o homem é que deveria estar sempre atrás dela, devido a tudo o resto que elas fazem e que eu não mencionei aqui por falta de tempo.

 

Fui.

 

Incrivelmente Insólito

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:33



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D