Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Somos todos Síria

por Incrivelmente Insólito, em 05.03.18

 

28536910_939286289572495_574319099_n.jpg

 

Lá vem as noticias da Síria e o povo fica solidário. Somos o melhor povo do mundo. Preocupados com os outros, acolhedores, muito interessados no sofrimento das crianças e de todos os martirizados com a guerra. Somos um povo fabuloso, esquece-mo-nos é do que temos aqui, mas isso já é outra coisa. Já lá vamos.

 

Antes que digam que eu sou um gajo da extrema direita e que tenho o ódio estampado nos olhos e que me chamem aqueles nomes todos bonitos agora da moda como Xenófobo, digo já (espero ir ainda a tempo) que sou completamente a favor de ajudarmos os outros povos, principalmente estes que sofrem imenso com a guerra e que vocês ajudam, destas formas todas bonitas que vou nomear.

 

Fico tão comovido que ainda não escolhi qual a melhor forma de mandar a minha contribuição para que aquelas crianças, adultos e idosos da Síria, sintam no momento em que estão a levar com uma bomba nos cornos, que existe um Portuga mesmo preocupado com eles.

 

Colocar uma foto bonita de perfil com a frase “Somos todos Síria”. Acho isto extremamente comovente. Estou tentado a demonstrar desta maneira a minha força, o meu empenho para os ajudar fazendo este acto de grande coragem. Programo a imagem para uma semana, pois o facebook agora até deixa escolher quando é que a foto de perfil volta ao normal, e daqui por uma semana há meia noite quando a foto mudar, já me esqueci daquela merd@ toda, porque até tenho a casa dos segredos para ver, e terrorismo pior que o da Síria só mesmo este em Portugal.

 

Fazer um texto todo bonito e publicar no Facebook. Anda aí um muita fixe em que fala no valor da bomba e tudo. Que a bomba que matou lá montes de Sírios custou não sei quantos milhares de euros e outras coisas assim todas providas de grandes bases de conhecimento em armamento. Já estou a imaginar lá na Síria eles a lerem os vossos textos e a baterem com a mão direita fechada na zona do coração e a pensarem que em Portugal somos mesmo solidários, o que, infelizmente, o texto não impede que eles levem logo com outro balázio nos palitos nem que aquilo mude nada de figura. Mas ao menos vamos dormir tranquilos. Fizemos a nossa parte.

 

Eu não tenho muito tempo para grandes textos destes, portanto, também, posso, seguir o exemplo daqueles que aproveitam a pausa do seu frustrante emprego para se irem sentar na sanita a fingir que foram cagar, para meter um post, mais curto a mostrar o movimento solidário com todos os Sírios. Frases assim como, “Para quando a mudança no mundo?”, “Onde andam os governadores?”, “Os Políticos são uns corruptos e não fazem nada”, e coisas do género, que ninguém sabe ao que se refer, mas acreditamos que muitos vão ler, não serão, é os governadores que vocês invocam, pois eles estão-se a borrar para vocês todos e para aquilo que vocês escrevem no vosso facebook e que só alguns amigos comentam para “encher chouriços.”

 

Na verdade as ajudas andam todas à volta do sofá ou da sanita. Escreve-se posts, enquanto se vê a a casa dos segredos ou se caga, a demonstrar que estamos muito a sofrer com aquele sangue todo e que nem vamos dormir por isso, quando na verdade, muitos até adormecem a escrever o post de tão preocupados que estão.

 

É verdade, tinha-me esquecido, que lá em cima falei que cá existem também muitos para ajudar. Portugueses... Se levantarem o cu e derem um passeio pela Almirante Reis em Lisboa, também vêm muita gente deitada pelas portas do prédios. Não tem é sangue! A não ser que tenham acabado de fazer a barba com a gilete que usam há mais de 6 meses, que já nem manteiga corta. Esses estão também numa verdadeira guerra. Já agora, Pensem lá no “Somos todos Almirante Reis” por favor! Ou não, porque o coçar a micose enquanto se vomita pelo teclado “solidariedade” fora de prazo, todos fazem, agora levantar o anûs e fazer algo de útil, está quieto. Nem cá, nem lá.

 

Isto foi só uma opinião sobre os posts lindos de solidariedade. Nada contra os Sírios, e nada contra os que ajudam uns e não outros, Nada contra as giletes dos sem abrigo da Almirante Reis, mas sei que existe quem não entenda o que estou a dizer e que me vá exorcitar em posts lindos de Facebook como aqueles que escrevem pelos Sírios e que não servem puta de nada.

 

Boa tarde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:43


1 comentário

Sem imagem de perfil

De pvnam a 12.04.2018 às 00:50

PARA QUE AUTÓCTONES POSSAM VIVER EM PAZ, SEM PERSEGUIÇÃO DE MERCENÁRIOS-PALHAÇO: SEPARATISMO-50-50!
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
.
-» Os mercenários-palhaço andam por aí a 'pendurar-se' em salvadores da demografia.
-» Os mercenários-palhaço são lacaios ao serviço da alta finança (capital global): eles trabalham para a eliminação de fronteiras.
[nota: a alta finança ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar...]
-» Os mercenários-palhaço, juntamente com os mercenários-naturalizados, perseguem os autóctones que reivindicam o LEGÍTIMO DIREITO À SOBREVIVÊNCIA DA IDENTIDADE.
.
O pessoal dos mídia tradicionais são uns autênticos mete-nojo:
-»»» a toda a hora eles falam da necessidade de controlo no acesso a armas por parte de indivíduos particulares... em simultâneo... eles fazem vista grossa ao facto de ser necessário um controlo sobre a produção e distribuição de armamento pesado.
Nota 1: o pessoal do armamento anda por aí a fornecer armas, desencadear guerras, e provocar milhares (milhões) de vítimas a seu belo prazer.
Nota 2: o mercenário-palhaço António Guterres não chama à responsabilidade os países aonde o pessoal do armamento tem as suas fábricas... em vez disso... anda por aí a exercer coacção psicológica sobre países pacatos que vivem sossegados no seu canto; -» sim, os países aonde o pessoal do armamento tem as suas fábricas é que têm de pagar a ajuda aos refugiados!
-»»» eles classificam de neonazi qualquer indivíduo autóctone que reivindique o Direito à Sobrevivência da sua Identidade... quando, de facto, eles é que são NAZIS: eles não suportam a existência de outros... nomeadamente, não suportam os povos autóctones que procuram sobreviver pacatamente, e ao seu ritmo, no planeta.
Obs: nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros.
.
.
.
Para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE:
---»»» Todos Diferentes, Todos Iguais... ou seja, todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» inclusive as de rendimento demográfico mais baixo, inclusive as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-nazi; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.





Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D